Acampar pode ajudar no seu sono!

chamada-31.07

Naturalmente Saudável

 

Uma pesquisa publicada em fevereiro deste ano no periódico, Current Biology, afirma que acampar pode lhe render melhores noites de sono, isso mesmo, tirar um tempo da vida agitada e entrar em contato com a natureza além de relaxar, pode trazer muitos benefícios, de acordo ao estudo da Universidade do Colorado, estes sinais se podem ser notados em um curto período de tempo, e o efeito pode ser ainda maior no inverno.

 

Luz, um estimulante natural para o sono

 

img-post3Segundo a pesquisa realizada pelo líder do estudo e professor de fisiologia, Kenneth Wright, a exposição a luz natural, e a minimização do contato com aparelhos eletrônicos emissores de luz como celulares e tablets, pode evitar distúrbios do sono e outros problemas de saúde.

Em um estudo anterior, Wright constatou que a produção e concentração de melatonina no sangue, hormônio responsável por preparar o corpo para o sono,  esta relacionada a nosso relógio biológico. Para isso o Professor enviou cinco voluntários de 21 a 39 anos para passar um fim de semana acampando no verão, ao retornarem, os cientistas constataram que a concentração do hormônio presente no sangue começou a subir duas horas antes do esperado.

Quem acompanha o nosso blog, já deve estar familiarizado com a importância da iluminação para quartos e como a emissão de luz dos aparelhos eletrônicos pode afetar sua noite de sono, e já conferiu nossas dicas de como transformar seu quarto em um ambiente aconchegante.

 

 

 

As estações e sua relação com o sono

 

As estações também podem influenciar no sonoPara investigar a influência das estações do ano na produção de melatonina produzida, o pesquisador efetuou outros 2 estudos. No primeiro convocou 14 voluntários, onde 5 ficaram em casa, e os outros 9 foram enviados a um acampamento durante um fim de semana. Ao fim do período, Wright pode constatar que os níveis de melatonina começavam a alterar uma hora e meia antes na população de acampastes, mostrando que mesmo um breve período na natureza já demonstra um impacto positivo sobre o organismo.

Wright concluiu outro estudo sob as mesmas condições que o anterior, dessa vez com 5 voluntários que acamparam durante o inverno. As amostras foram coletadas a cada hora durante 24 horas assim que os participantes retornaram. Ao fim da análise, os voluntários ficaram 13 vezes mais expostos a luz natural quando estavam no acampamento, além disso, a produção do hormônio que auxilia no sono apresentaram maiores índices de concentração 2 horas antes do normal.

 

 

As suspeitas estavam corretas!

 

O estudo afirma o que muitas pessoas já pensavam, mas não podiam afirmar, o sono torna-se mais longo na ausência de luz artificial. O autor do estudo explica que quando a luz atinge os fotorreceptores presentes nos olhos, altera o relógio biológico o que desencadeia uma série de respostas no organismo, portanto o tipo de luz do ambiente de onde se dorme influencia não só no sono como também na produção dos hormônios.

 

Para quem se animou com a notícia do estudo, mas está sem tempo para viajar no fim de semana, vale lembrar que é possível mudar o ritmo de sono para melhor em sua própria casa para isso basta passar mais tempo exposto a luz natural e evitar o contato com aparelhos eletrônicos antes de dormir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *