Dicas práticas para combinar estilos na decoração

Combinar estilos é uma solução bastante eficiente para quem mora em algum lugar compartilhado e precisa de um meio termo na decoração. E quem mora sozinho também pode encontrar a solução quando gosta de mais de um estilo.

Fazer combinações exige um equilíbrio entre cores, móveis, texturas e acabamentos. Pode parecer complicado, mas fica bem mais fácil quando você entende como todas essas coisas funcionam em conjunto.

Confira algumas dicas para acertar na sua combinação:

Tenha uma paleta de cores definida

Fonte: Pinterest

 

Usar as cores de um jeito coerente na decoração faz o ambiente inteiro parecer equilibrado. Elas são tão poderosas que conseguem fazer até as peças mais diversas conversarem entre si, incluindo móveis, tecidos e itens de decoração.

Quem divide a casa com alguém que tem um gosto completamente diferente nas cores também consegue entrar em acordo: aplique a paleta mais neutra como base (nas paredes, piso e móveis maiores), e complete o ambiente com os toques da cor mais intensa nos detalhes.

Pense nos móveis primeiro

Fonte: Decoist

 

Como os móveis são as peças maiores, é por eles que você deve começar a pensar. Na hora de começar a fazer combinações, preste atenção no peso visual e tamanho dos móveis.

Por exemplo, se você está decorando o quarto e não tem dois criados-mudos iguais, use itens diferentes, mas garanta que ambos têm o mesmo tamanho.

Encontre o equilíbrio

Fonte: Laurel and Wolf

 

Combinar estilos na decoração também requer equilíbrio na disposição de objetos. Uma boa regra para lembrar é: tudo precisa de um par.

A regra diz que é interessante repetir as características de um item em pelo menos mais alguma parte do ambiente. Alguns exemplos práticos são:

  • Usar o mesmo tom de madeira na mesa lateral e na de centro.
  • Ter a mesma cor na manta de sofá, nas cadeiras de jantar e nas pinturas
  • Colocar molduras de formatos diferentes na parede, mas com a mesma cor

Use o item único como ponto focal

Fonte: Homedit

 

Tem alguma peça que aparentemente não combina com o resto da decoração? Ao invés de tentar escondê-la, tente usá-la como ponto focal do cômodo.

Um bom exemplo seria aquele quadro que não combina com nada ou é grande demais em comparação com os outros elementos. Apenas pendure na parede e deixe-o brilhar.

Gostou das dicas para combinar estilos na decoração?

Fique sempre ligado no Blog da Lopes para estar atualizado das novidades.

Além disso visite  o site da Copel Colchões e fique atento as nossas promoções 😀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *