Falta de sono propicia grandes refeições

Crédito: Reprodução

E àqueles que não costumam dar real importância ao sono, é bom começar a mudar de hábitos e opinião. Cada vez mais pesquisadores estão se dedicando a desvendar fatores incômodos da vida e da saúde, que são causados pela ausência ou má qualidade do sono. A pesquisa da vez mostra que a falta de sono ideal faz com que as refeições sofram um “super dimensionamento” com mais freqüência.

O estudo, realizado na Suécia, e publicado no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, mostrou que uma única noite de perda total de sono em jovens de peso normal provoca a ativação de uma região do cérebro responsável pelo desejo de comer. Durante o estudo, 16 homens de peso normal, em condições tanto famintos quanto saciados, foram convidados a escolher seus tamanhos das porções ideais; entre 7 refeições e 6 lanches. Em um grupo a equipe estava privada de sono, e no outro toda a equipe havia desfrutado de uma noite de sono de 8 horas.

Àqueles que tiveram a perda total de sono, escolheram tamanhos maiores porções de alimentos altamente energéticos. Enquanto o grupo que havia dormido optou por porções menores e alimentos mais saudáveis. É interessante notar que o fizeram, tanto antes de almoçar quanto após o almoço, o que sugere que a privação de sono aumenta a necessidade de ingestão de alimentos, independentemente de o indivíduo estar com fome ou não.

Fonte: Science Daily

Acesse nosso site: www.copelcolchoes.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.